fbpx

Nada há senão o fato cientifico. E Deus? Deus não é acessível ao sentidos nem à razão. Portanto, Deus deve ficar de fora.

No episódio anterior da série ‘Como entender quadros de arte‘, explicamos que os antigos artistas queriam representar em suas obras verdades espirituais ou místicas do que necessariamente uma precisão histórica.

Com o advento do Iluminismo, o sentido do divino nas artes foi perdendo força, pois Deus, segundos os pensadores iluministas, não é acessível pela ciência.

Esta visão de que o que importa é a matéria também irá repercutir nas obras de arte. As pinturas demonstraram agora mais fatos históricos e paisagens da natureza, pois é mais ‘científico’.

Dentre vários quadros que apresentamos neste episódio, destaco as obras de Goya que mostra a gritante diferença da Era da Razão com a Idade média.

Quadros usados no podcast:

Duccio: Madona com a criança:
Ticiano: Vênus e a Música
Claude Lorrain: Cristo no Caminho de Emaús
Rubens: Martírio de São Livino
Goya: O sonho da razão produz monstros
Goya: A Execução dos Espanhóis pelos Franceses
Goya: A Maja Vestida
Goya: A Maja Nua
Ingres: A grande odalisca
Delacroix: A Liberdade guiando o povo

Confira em detalhes ouvindo o podcast:

Ouça também no
Spotify |Deezer | Itunes | Youtube

Ouça os outros episódios da série ‘Como entender quadros de arte:

Entenda a filosofia por trás das obras de Jordan Peterson, autor de 12 Regras Para a Vida e Mapas do Significado

Clique aqui para saber mais sobre o curso

📺 Assine e tenha acesso ao Teatro das Ideias, guia bibliográfico dos podcasts e o grupo do Telegram: Assine Aqui
——
📱 Podcast OliverTalk nas melhores plataformas: podlink.to/oliver
——
📺 Entre para nossa lista VIP e não perca mais nenhum episódio:
olivertalk.com/lista/
——
📺 Loja de roupas de Romanini: bit.ly/2lAfTSp
——-
📺Canais Oliver: linktr.ee/olivertalk
📺Canais André Assi Barreto: http://linktr.ee/aassibarreto

Deixe seu comentário

Você também vai gostar

Episódio 63