Arte #8: Picasso, Duchamp e o cubismo

Picasso,arte,história da arte,pintura,Cubismo,Duchamp,pablo picasso

Em busca de uma nova expressão, o objetivo do cubismo era criar uma nova arte, uma nova visão de mundo, que rompesse com o antigo humanismo da sociedade ocidental. Neste novo episódio da série “Como entender obras de arte”, falaremos sobre Picasso e DuChamp.

O movimento cubista não tinha um objetivo tão simples de entender. O propósito era tentar representar a realidade por trás das coisas, assim como Platão, que ensinava que existiam certas idéias básicas por trás de toda a realidade.

Os cubistas entendiam que toda a realidade era composta por formas geométricas e expressavam esses conceitos em suas pinturas. Ao mesmo tempo, suas obras tinham toques de irracionalidade e subjetivismo, ou seja, não tinha uma única interpretação possível ao se tentar admirar algum quadro.

Picasso, em seus primeiros anos como artista, misturou a arte clássica grega com uma busca mais primitiva. Suas obras emanavam violência e, segundo Rookmaaker, um rompimento com a velha imagem do homem, há muito reverenciada como a beleza suprema.

As máscaras e esculturas africanas, que fizeram parte do acervo do jovem Picasso, representavam o espírito selvagem da natureza.

O homem primitivo, segundo os intelectuais da época, usavam máscaras para se sentir um com as forças da natureza.

Para o homem moderno, a única natureza humana que existe é biológica e psicológica, pois não havia mais um Deus pessoal.

Esse era o espírito da intelectualidade no período pré primeira Guerra Mundial.

Começamos este episódio justamente analisando uma pintura de Picasso, As Senhoritas de Avignon, uma obra que é o verdadeiro símbolo da arte moderna.

Ouça com mais detalhes no podcast.

As senhoritas de Avignon, Picasso. 1907
Georges Braque, 1908, Maisons à l’Estaque
Picasso: Mulher na Poltrona, 1913
Guitar, Pablo Picasso, 1913.
Mondrian, Composição nº 2, 1920
Delaunay: A Torre Eiffel, 1914
Marcel Duchamp; Nu descendo a escada, 1911
Marcel Duchamp; O Rei e a Rainha Rodeados por Rápidos Nus, 1912
Marcel Duchamp; A noiva, 1912
Marcel Duchamp; ready-mades
Morton Schamberg, 1918, Deus

Escute também no
Spotify |Deezer | Itunes

Escute os episódios anteriores da série:

Assista também no YouTube:

Quer aprender mais e entender como funciona o mundo? Então assine o nosso programa cultural OliverClub.

Quem assina se torna aluno da nossa escola Teatro das Idéias quem estuda os livros clássicos mais importantes da história da humanidade.

Recebe também a nossa revista mensal Chronus, que contém a bibliografia de nossos podcasts e um artigo exclusivo sobre cultura.

Ainda tem a nossa série sobre a “Vida Intelectual” que te oferece ferramentas práticas para fazer você ficar mais inteligente.

E muito mais. Assine.

Revista Chronus, Teatro das Idéias, Telegram, Vida Intelectual, Grupo no Telegram e muito mais

Tudo isso por apenas R$ 29,90 por mês. Menos de um real por dia. Ainda tem 7 dias grátis para testar.

Assine aqui:

📺 Assine e tenha acesso ao Teatro das Idéias, guia bibliográfico e o grupo do Telegram: OliverClub
——
📱 Podcast OliverTalk nas melhores plataformas: podlink.to/oliver
——
📺 Entre para nossa lista VIP e não perca mais nenhum episódio:
olivertalk.com/lista/
——
📺 Loja de roupas de Romanini: bit.ly/2lAfTSp
——-
📺Canais Oliver: linktr.ee/olivertalk
📺Canais André Assi Barreto: http://linktr.ee/aassibarreto

Deixe seu comentário

Você também vai gostar

Episódio 14