fbpx

VI #7: O Bárbaro especialista

sertillanges,sertillanges a vida intelectual,ortega,ortega y gasset

A vida intelectual no pais ficou reduzida à Universidade. O senso comum tem a impressão que cultura se limita a professores e alunos de uma instituição oficial de ensino.

Se trata de um engano, pois não aprendemos a ter uma cultura geral por meio do currículo oficial, ou seja, conhecer as grandes idéias da humanidade e do Ocidente – conforme ensinamos no Teatro das Idéias.

A Universidade te ensina a ser um especialista.

O especialista, como aponta o filósofo espanhol Ortega Y Gasset, é o sujeito que sabe tudo sobre um pequeno fragmento da realidade, em outros termos, o cientista, por exemplo, que se especializou na reprodução das tartarugas.

Gasset aponta que, geralmente, o especialista é um sujeito arrogante, pois acredita saber tudo de sua especialidade, mas também brada com tom petulante sobre política, cultura e, quiçá, filosofia.

Por isso que o filósofo espanhol chama o cientista moderno de “bárbaro especialista”.

Não é a toa que nesses tempos de quarentena, cientistas são chamadas para responder qualquer tipo de pergunta: de coronavírus até fake news.

O filósofo francês Sertilllanges aponta que o remédio para não cair nesta armadilha é não cultivar uma ciência sem todas as outras disciplinas.

Sertilllanges, por exemplo, afirma que a matemática tomada isoladamente deturpa o raciocínio, a física e química obcecam por sua complexidade, a literatura esvazia, a filosofia estufa e a teologia pode te levar ao falso sublime e ao orgulho doutoral.

O problema não é a matéria estudada, mas a falta de harmonia do saber.

Nenhuma ciência basta a si mesma, aponta o filósofo francês, apenas o conjunto pode produzir o espírito do conhecimento.

Os grandes homens do passado como Aristóteles, Bacon, Leonardo da Vinci, Leibniz e Goethe não eram especialista em apenas uma matéria, mas tinham um espírito de universalidade.

Esse espírito de universalidade, que não há mais na Universidade, demonstra que as ciências, sem a filosofia, se desorientam. As ciências e a filosofia, afirma Sertillanges, sem a teologia, se descoroam bem mais ainda.

Essa idéia de universalidade e harmonia do saber se perderam em algum canto escondido das nossas instituições de ensino que, para variar, transformam cada aluno em um bárbaro especialista.

Contudo, não preocupe, ministramos essa aula para você justamente não ser um desses bárbaros.

Abaixo encontra-se uma prévia da aula, para vê-la completa, basta assinar o OliverClub. Vá rápido, pois o tempo é a única coisa que não volta.



Mas como fazer isso? Ah, o conteúdo continua em vídeo para os assinantes do OliverClub.

Assine e faça parte de nossa escola de formação cultural.

As aulas sobre a vida intelectual são mensais. Ficam gravadas para quem não puder assistir.

Revista Chronus, Teatro das Idéias, Telegram, Vida Intelectual, Grupo no Telegram e muito mais

Tudo isso por apenas R$ 29,90 por mês. Menos de um real por dia. Ainda tem 7 dias grátis para testar. Assine o OliverClub aqui.

Deixe seu comentário

Você também vai gostar

Episódio 4